495.

Aterrorizados com a complexidade essencial, buscaram a simplificação na compartimentalização do todo; fundindo o conjunto das suas emoções em um par de alianças, trancafiando a sua espiritualidade inteira em um sacrário, empenhando todo o seu intelecto no aprendizado profissional mais rendoso, e comprometendo o seu físico exclusivamente com os prazeres materiais; desobrigadas de interação, as partes passaram a funcionar em descompasso, privando o processo de comprometimento ou significado, reduzindo-o a uma existência vazia e estéril.

~ por Sérgio G. Alves em 11/10/2011.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: