476.

Contextualizam a poesia, para que possam tê-la adornando alguma narrativa; simplificam a poesia, até que consigam assobiá-la facilmente em uma canção; moldam a poesia, e só então a reconhecem travestida de poema.

~ por Sérgio G. Alves em 24/09/2011.

Uma resposta to “476.”

  1. A verdadeira pedra é bruta.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: