366.

Seu trabalho fora interrompido pelo alvoroço de alguns dos seus colegas na janela da outra sala, apavorados com o que chamavam de loucura dos que se arriscavam dependurados a mais de cem metros de altura, na manutenção dos cabos de sustentação da ponte em frente ao escritório. Reconhecia que havia riscos envolvidos naquele trabalho, mas pela maneira com que manuseavam o equipamento de segurança, aqueles homens pareciam ser experientes alpinistas, e dava até para perceber neles, uma certa satisfação em poder estar rapelando em um lugar inusitado como aquele. Era claro que havia um exagero por parte dos seus colegas, o que de certa forma explicitava o medo que tinham de altura sendo transferido àquela situação, finalmente conseguiu entender a aversão que alguns demonstravam, quando lhes contava que às vezes gostava de passar longos períodos sozinho dentro de casa.

~ por Sérgio G. Alves em 22/04/2011.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: