355.

Só queriam compartilhar o que acreditavam ter de melhor, mas era necessário que fosse com quem se assemelhasse a eles, uma vez que precisavam receber de volta o que ofereciam. Ele era sempre visto desacompanhado, o que de certa forma permitiu que fosse equivocadamente identificado como um semelhante ao grupo, que logo se aproximou e pôde perceber o engano, constatando que ele lidava bem com a sua solidão, sem nenhuma autocomiseração, portanto, sem nenhuma piedade a lhes retribuir.

~ por Sérgio G. Alves em 14/04/2011.

2 Respostas to “355.”

  1. boa, ilustrou bem!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: