337.

Viu seus gatos correndo e pulando excitados, tentando alcançar um pernilongo pousado na parede e identificou-se com aquela excitação, que era exatamente a mesma que ele experimentava na presença do outro. Constrangido, em princípio rejeitou tão patética identificação, mas logo reconsiderou, a inevitável comparação conferia ao outro uma insignificância que sem sucesso, ele há tempos vinha tentando lhe atribuir.

~ por Sérgio G. Alves em 26/03/2011.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: