335.

Por conta de uma rara sintonia que naquela época havia se estabelecido entre os dois, durante uma noite de sono profundo, experimentaram a mesma sensação de estar em meio a um vazio azul, que era como se o próprio céu os tivesse abraçado. Acordaram sobressaltados, um pelo realismo do sonho em que lhe fora permitido voar tão alto, e o outro pelo terror do pesadelo de estar se precipitando em uma queda livre sem fim.

~ por Sérgio G. Alves em 22/03/2011.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: